segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

O Carnaval está a chegar - J.I. de Marzovelos

Os palhaços apareceram no J.I. de Marzovelos naturalmente, depois da história do Palhaço Tristoleto, história de um palhaço que estava triste até que apareceu uma palhaçita que o fez rir.
Uma história bonita que contribuiu para o desenvolvimento da imaginação das crianças.
Em cada sala registaram-se trabalhos com criatividade.
A Educadora
Fátima Lares
Sala 4
 Posted by Picasa
Sala 1


Sala 2



Hora do conto - J.I. de Marzovelos

Na sala 2, o Projecto "A hora do conto" continua com o entusiasmo dos grandes e pequenos.
Foram contadas mais 3 histórias, desta vez das mães da Mafalda e do Pedro Coutinho . Também o irmão do Pedro colaboro.
Os Pais do Filipe também participaram na Hora do Conto.
A Educadora
Fátima Lares

Pais do Filipe -"O Grufalão"


Mãe da Mafalda -"Elefante Zacarias"

Mãe e irmão do Pedro Coutinho - "Elmer o Elefane"

Posted by Picasa

sábado, 26 de fevereiro de 2011

Preparação do Desfile de Carnaval - J.I. de S. Martinho de Orgens

O nosso Desfile de Carnaval irá realizar-se na próxima Sexta-feira, dia 4 de Março. Fizemos máscaras com a técnica do balão: rasgamos jornais às tiras e colámos-las em balões cheios que serviram de molde, deixámos secar e pintámos. Todas estas tarefas resultaram em lindas máscaras dos personagens da história “ Os Três Porquinhos”. Depois, para completar a história, criámos a floresta com fatos e chapéus decorados com materiais que fomos buscar ao pinhal.
A Educadora
Jacinta



Ainda com a técnica do balão fizemos estes bonitos mealheiros.



quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Ainda os pinguins... J.I. de Vildemoinhos

Na sala vermelha os meninos e meninas aprenderam muitas coisas sobre os pinguins.O Gabriel e o Diogo quiseram enviar uma mensagem para os Pinguins: " Pinguins não comam muitos peixes, deixem alguns para as pessoas."
A Educadora
Alda

Posted by Picasa




"A Lebre e a Tartaruga" - J. I. de Marzovelos

Depois de ouvirem a fábula de la Fontaine " A Lebre e a Tartaruga", o grupo de crianças da sala 4 fez recorte e colagem sobre um fundo de papel de jornal. O efeito foi conseguido e as crianças gostaram!!!
A Educadora
Fátima Lares


Posted by Picasa

Floresta, Mar e Ar - J. I. de Marzovelos

A propósito dos animais que vivem na terra, no ar e na água, as crianças da sala 4, desenvolveram um jogo a que todos aderiram com intersse.
Depois fizeram-se os registos segundo a orientação da Educadora Eduarda.
Resultaram trabalhos que traduzem as aprendizagens feitas pelas crianças.

A Educadora
Fãtima Lares





Posted by Picasa

domingo, 20 de fevereiro de 2011

A Festa da Maçã na E.B. de S. Martinho de Orgens

A convite da E.B. de S. Martinho deslocámo-nos à Biblioteca desta Escola para participarmos na “Festa da Maçã”. A Professora Cristina contou-nos a história da “Lagartinha Comilona” que nos inspirou na construção de bonitas lagartinhas e falou da importância da maçã na nossa alimentação. Ainda dentro deste tema formámos conjuntos de maçãs de acordo com a sua cor. Depois fizemos a contagem do número de maçãs de cada conjunto e comparámos a quantidade de cada um. Ao lanche comemos uma deliciosa maçã. Foi uma manhã muito divertida.
A Educadora
Jacinta

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Pais, Filhos e Jardim-de-infância - Para reflexão

Os primeiros anos da vida de uma criança são passados no seio da Família, que constitui o padrão fundamental para o seu desenvolvimento.
Os Pais transformam-se em modelos para os filhos.
As palavras, as atitudes e acções dos Pais serão imitadas e reproduzidas pelas crianças, por vezes até de um modo exagerado, assim há que ter cuidado em manter coerência no que se diz e no que se faz.
Ser modelo dos filhos abrange vários aspectos, desde atitudes perante a violência, passando pelo respeito por os outros, ou até em hábitos simples do dia-a-dia como o saber estar à mesa, o não deitar lixo para o chão, o não cuspir ou fazer chi-chi em espaços que não são apropriados para o fazerem, o ser pontual, o ser assíduo, o utilizar palavras de cordialidade .
A criança necessita de aprender a conviver com outras pessoas, adultos e crianças, então aparece o Jardim-de-Infância para continuar o processo iniciado em casa.
O objectivo da Escola é formar indivíduos capazes de se integrarem na sociedade em que vivem de uma forma autónoma, promovendo valores e normas entre os quais se encontram, a responsabilidade, a cooperação, a partilha, o respeito pelos outros.
A Educação de infância vem complementar a educação dada em casa não a substituindo.
Para superar o objectivo de ter filhos educados, disciplinados, responsáveis, solidários, capazes de se relacionarem com os outros de um modo positivo, a melhor estratégia é a Família andar “de mãos dadas” com a escola trabalhando num só sentido.
Na convivência social existem normas.
Para que uma criança se torne uma pessoa sociável, autónoma e tolerante precisa de ter assumido uma certa disciplina, limites e normas.
Os Pais e Educadores têm que estabelecer limites, isto significa que terão que afastar as crianças do perigo mas estas terão que distinguir entre o que é permitido fazer e o que não se pode fazer.
As crianças terão que ouvir muitos Não, terão que sentir autoridade suficiente da parte dos Pais, Educadora, para que os limites sejam cumpridos.
Não é preciso ser autoritário mas faz falta criar referências de modo a que as crianças , com uma certa liberdade, sigam pelo caminho certo.
 As normas e regras são necessárias para uma boa convivência.
É uma tarefa difícil.
O mais importante em crianças neste nível etário é ter presente que os Pais e Educadores são um espelho para as crianças: de nada serve estabelecer limites e transmitir determinados valores se nós próprios formos incapazes de os cumprir.
Ninguém é perfeito. Devemos assumir perante as crianças o facto de também errarmos reconhecendo os erros.

( Consultas feitas em Enciclopédia dos Pais)

A Educadora
Fátima Lares

Incentivo para cumprir as regras (Sala 2)

Animais da Floresta - CAF- J.I. de Marzovelos

Também nas actividades da CAF(Componente de Apoio à Familia) houve a preocupação de acompanhar as viências das crianças participarando na decoração de alguns placares de parede.
Os animais da floresta surgiram de um modo simples em trabalho de equipe.






Posted by Picasa